Cibercrime – Um Projeto em cima do Poste

Quando o assunto é política não tem jeito, eu tenho vergonha de ser brasileiro. Não consigo entender como tais políticos chegam lá. Até entendo o fato do voto e até entendo qual é o tipo de gente que vota nesse tipo de político.

Bem, mas não quero mudar o foco, senão voltaremos ao assunto do Lula-Tartaruga (no final deste texto tem a história, para quem não a conhece), então vamos em frente!

Levei um certo tempo para compreender melhor a tão comentada questão do Projeto de Cibercrimes que vem para substituir os Projetos de Lei da Câmara (89/2003) e Projetos de Lei do Senado (137/2000 e 76/2000). No fim, é tudo para alterar o Código Penal (porcamente).

Como comecei minha leitura pelo lado negro da força estava até imaginando que havia beleza nessa vista do pôr-do-sol. Vi a boa intenção contra pedófilos, estelionatários, ladrões e afins, puxa que maravilha! Luke Skywalker tinha mesmo que ter orgulho de seu pai no reinado do Império.

Quando vi, estava eu quase em cima do poste também.

Não vou tecer meus comentários aqui neste singelo post sobre o texto legal do projeto, daria um livro imenso de argumentos que posso bem resumir em uma linha: Os políticos deveriam consultar gente profissional ligada ao assunto!!

Já tive minhas experiências pela terra do Planalto, dei palestras e conversei bastante com gente de nariz empinado por lá, sei bem o que estou dizendo: estão em cima do poste!!

Só me resta uma saída: juntar-me ao coro do Assinem a Petição!!

Se você gosta da liberdade inteligente da internet e não acha que é um criminoso, por favor, faça a sua parte como brasileiro e assine a petição, clicando aqui.

Ah, não poderia me esquecer: O Conto do Poste…

Tartaruga no poste

Enquanto suturava o ferimento na mão de um velho gari
(cortada por um caco de vidro indevidamente jogado no lixo),
o médico e o paciente começaram a conversar sobre o
país, o governo e, fatalmente, sobre o Lula.
O velhinho disse:
– Bom, o senhor sabe, o Lula é como uma tartaruga em
cima do poste…
Sem saber o que o gari quis dizer, o médico perguntou
o que significava uma tartaruga num poste.
E o gari respondeu:
É quando o senhor vai indo por uma estradinha, vê um
poste e lá em cima tem uma tartaruga tentando se
equilibrar.
Isso é uma tartaruga num poste.
Diante da cara de interrogação do médico, o velho
Acrescentou:
– Você não entende como ela chegou lá;
– Você não acredita que ela esteja lá;
– Você sabe que ela não subiu lá sozinha;
– Você sabe que ela não deveria nem poderia estar lá;
– Você sabe que ela não vai fazer absolutamente nada
enquanto estiver lá;
– Você não entende porque a colocaram lá;
– Então tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de
lá, e providenciar para que nunca mais suba lá, pois
lá em cima definitivamente não é o seu lugar!

Deixe uma resposta